Posts Tagged ‘youtube’

O Palmeiras nas Mídias Digitais

Segunda-feira, Maio 25, 2009
posted by Ygor 3:36 PM

O time paulista Sociedade Esportiva Palmeiras, entrou de vez na onda das Mídias Digitais.  Lançou um vídeo da fornecedora de material esportivo do Palmeiras no qual os atletas atuam, em mistério sobre o sumiço de camisas. Diante das câmeras, os jogadores do Palmeiras mostram desenvoltura para o amor com o time.

O “drama” se passa dentro do vestiário alviverde, quando é anunciado o desaparecimento dos uniformes às vésperas de uma partida, e o volante Pierre propõe uma solução: “Se for preciso a gente joga até sem camisa, porque a camisa do Palmeiras é nossa segunda pele”.

Em seguida, sem esconder certa aflição, os jogadores se enfileiram para ter o escudo do clube tatuado no peito.

Além do vídeo, a equipe de Marketing do Palmeiras lançou um HOTSITE no qual o participante pode jogar e ganhar prêmios.

www.minhasegundapele.com.br

Gripe Suína na web 2.0

Segunda-feira, Abril 27, 2009
posted by Polly 6:58 PM

No Twitter

Preocupado com as 100 (100 até agora - segunda-feira, às 18:00) mortes mexicanas e todo o pânico acerca da gripe suína?
Então adicione essas contas à sua lista de seguidores no twitter:

http://twitter.com/cdcemergency
http://twitter.com/CDC_eHealth

São contas que o Centro de Controle de Doenças (CDC) americano criou para alertar e informar quanto às precauções, novos casos e o que está sendo feito legalmente para manter a gripe suína sob controle.Vale alertar que inúmeras contas estão sendo abertas no Twitter para discutir o assunto e tentar passar informações, mas a maioria é de procedência duvidosa, então fique de olho aberto. Só essas duas citadas têm a devida responsa credibilidade, até agora.

No Google Maps

Conforme achei no Gizmodo, pode-se acompanhar o alcance da doença em tempo real:


View H1N1 Swine Flu in a larger map

Esses indicadores cor-de-rosa são suspeitas da gripe e os roxos são confirmados. É um alívio, pelo menos até o fim da noite de hoje, ver que o indicador mais próximo ao nosso território nacional é um único cor-de-rosa perdido no canto do continente:
Que esse pontinho rosa continue aí e não se alastre

E como estão as coisas no México?

via BBC, México - Fotógrafos documentam a reação nas ruas. Clique na imagem para ver as outras fotos do set.

No Flickr

A Gripe também está sendo ilustrada pelas lentes dos usuários do Flickr, onde se destaca a talentosa fotógrafa Benedicte Desrus, que captura com elegância até mesmo uma situação caótica como a presente. O próprio CDC também mantém um photostream no Flickr, mas não tem nenhuma foto de relevância por lá. Interessante mesmo é o olhar individual que se manifesta:

No fim das contas, é difícil saber onde a paranóia termina e a pandemia começa de fato…mas devo dizer que presenciar a primeira pandemia veiculada pelas ferramentas instantâneas da web é algo marcante, talvez um dos primeiros eventos que evidenciem com força sem igual a mudança de eixo na comunicação, por suas proporções e potenciais complicações.

Bom, de qualquer forma a vida continua. Pra descontrair, uma das hipóteses sobre a origem da tal gripe:

Vídeo Online? A gente já faz há muito tempo!

Terça-feira, Março 24, 2009
posted by Ygor 11:25 AM

Nove meses antes do mais conhecido site de vídeo online entrar no ar, Youtube, o VIDEOLOG já estava na ativa, inovando essa nova tendência que em pouco tempo depois, dominaria uma boa parte da internet.
Escolhemos o Videolog e abrimos um canal para um de nossos clientes, a FENAM.
FENAM TV em pouco mais de um mês com 116 vídeos, atingimos a média de 5723 visitas sem nenhuma divulgação, ultrapassando a FENAM TV no Youtube que possui há quase um ano.

videolog3

Edson Mackeenzy, como ele mesmo diz, “Não sei se sou o estagiário da empresa, ou o chefe. Sou o primeiro a chegar e último a sair.” nos concedeu uma entrevista, e para quem ainda tem dúvidas do poder do VIDEOLOG no futuro da Internet, poderá ver o trabalho de dedicação de uma equipe que está sempre disposta a crescer e levar nós, brasileiros, juntos.

RBW - 1 - Qual as novas tendências do Vídeo Online?
Mack diz: É difícil  apontar “tendências”. Sou um usuário de internet como todos, tudo o que tenho são opiniões. Foi assim há cinco anos, quando visualizamos - sem trocadilhos - que o vídeo seria o grande diferencial da web. Hoje o que acredito é em um fenômeno de decomposição. Um mesmo conteúdo fragmentado e linkado em diversas frentes, passivo de edição e modificações. Principalmente gerando benefícios aos envolvidos, como visibilidade e até grana.

RBW - 2 - Videolog terá alguma surpresa para 2009?
Mack diz: O Videolog sem surpresas não é o Videolog. Infelizmente não posso contar todas se não estraga a dita cuja. O que posso falar em primeira mão é que, após meses de negociação, o bom filho Bruno Dulcetti está voltando para onde nunca deveria ter saído. O mestre Dulça nos deixou em 2007 para dedicar todo o seu talento na Globo.com e agora é o novo Gerente de Projetos do Videolog. Um retorno muito comentado no twitter e principalmente no mercado. Não é fácil competir com a Globo.

RBW - 3 - Quais os principais recursos que o pioneirismo do Videolog nos fornece?
Mack diz: O Videolog possui um sistema de conversão que otimiza em 96,7% o peso do vídeo mantendo a mesma qualidade. Isso nos permitiu lançar em Fevereiro de 2008 vídeos em HD. Diariamente, nossa equipe estuda maneiras de tornar a permanência do usuário em nosso ambiente simples e atrativa sempre evidenciando o talento e a qualidade dos produtores de vídeo.

RBW - 4 - Existe alguma forma de pagamento ou premiação para os vídeos mais
assistidos ou de melhor qualidade técnica?
Mack diz: Os vídeos com mais qualidade são destacados pela equipe de conteúdo em nossa home. Eventualmente, promovemos concursos para incentivar a produção de conteúdos, como o Carnalog, que reuniu este ano centenas de correspondentes espontâneos em todo o país.

RBW - 5 - Fale um pouco sobre o Videolog.
Mack diz: O Videolog Inc é uma empresa de mídia e tecnologia especializada em pesquisar e desenvolver soluções para transmissão e compartilhamento de vídeo via IP. Estamos no mercado desde 2004 e hoje administramos dois produtos próprios: o portal www.videolog.tv que reúne a maior comunidade brasileira de produtores de vídeo e o Tivi.tv , um sistema que permite a qualquer pessoa criar e administrar de forma simples, intuitiva e clara uma TV corporativa e DigitalSignage.

Mario Soma, Inagaki Agência Pólvora, Beto Largman Jornalista do jornal O Globo, Fabio Lima, Bruno Dulcetti, Ariel Alexandre e Mack.

Mario Soma, Inagaki Agência Pólvora, Beto Largman Jornalista do jornal O Globo, Fabio Lima, Bruno Dulcetti, Ariel Alexandre e Mack.

Twitter:
Mack:  www.twitter.com/mackeenzy
Bruno: www.twitter.com/dulcetti

Acredite na Web #2

Terça-feira, Março 10, 2009
posted by Ygor 2:17 PM

acredite_na_web_n2

Você já parou para pensar que existem vídeos caseiros com quase 10 milhões de visualizações só no Youtube?

Você sabia que o Videolog foi criado 9 meses antes do Youtube, foi o pioneiro dos vídeos em alta qualidade na internet e é um site que apóia curtas, coberturas de grandes eventos sendo um site 100% BRASILEIRO?

Você sabia que existe toda uma rede social dentro de cada ambiente dos vídeos online como Videolog, Youtube e Vimeo?

E agora senhores políticos, na sua campanha para 2010, qual é a importância da sua imagem na Web? É melhor não esperar para ver.

Quer a sua imagem sendo destacada mais de 10 milhões de vezes?

Acredite na Web #1

Segunda-feira, Março 9, 2009
posted by Sandrinha 3:58 PM

acredite_na_web_n1

Os números de OBAMA dentro das redes sociais.

Você já deve ter lido milhões de matérias sobre o Obama por ai. Hoje resolvi mostrar um pouco do Obama em números dentro das redes sociais. Fiquei “embasbacada” e tenho certeza que assim como eu, você não tem ou não tinha noção desses números.

Obama em 2008 tinha 130 mil seguidores no Twitter, 14 milhões de visualizações em apenas um vídeo de sua campanha no Youtube, 2,3 milhões de membros no FaceBook e simplesmente 3,1 milhões de doadores.

O segredo desses números?

Mais uma vez eu bato na tecla que você tem que estar onde as pessoas estão e não onde você quer que elas estejam.  Obama estava presente em 16 diferentes ambientes da web como o Youtube, Facebook, Twitter, Flickr, Myspace entre outros. A internet foi a grande responsável por 87% de toda arrecadação da campanha de Obama. Apenas em setembro do ano passado foram arrecadados U$ 100 milhões e 93% desses doadores cooperaram com menos de 100US$.

A maioria dos ambientes trabalhados pela equipe de Obama tinha a possibilidade de interação com seu público. Existia estimulo e empolgação. A dinâmica diferente de cada ambiente foi muito bem explorada por sua equipe.  Havia por trás desses ambientes pessoas dando todo suporte necessário. Tudo foi bem pensado. Cada ambiente foi estudado e planejado.

Obama foi um grande sucesso dentro das redes sociais. Um fenômeno intrigante que nos faz pensar e muito do quando a web é capaz de mobilizar milhões de pessoas.

ACREDITE NA WEB!

NÓS SABEMOS DO QUE ELA É CAPAZ!